quinta-feira, novembro 24, 2005

Meus senhores, está oficialmente aberto o concurso para a concessão do Réveillon.

Ora, eis que é chegada a altura de pensar na chamada passagem do ano.
Pois bem, como esta é uma obra de monta, é bem que seja aberto um concursso público, para a sua concessão.
Como tal as propostas devem ser formuladas atempadamente, de modo a convocar toda a malta, devem ainda, conter informações acerca do local, ementas, animação, preços, míudas por metro quadrado, bem como outras informações achadas relevantes.
Meus amigos está então lançada a dica.
Haja saúde, aquele abraço.
É a lócura, lócura cura cura cura

4 Comments:

At 12:55 da manhã, Blogger Pingalin said...

o post tá demais, a receptividade perante o nosso público alvo anteve-se diminuta, não obstante, avanço com a proposta de se realizar a passagem de ano no j15, com comida variada, musica do melhor, umas novas inovações ao nível das luzes, novos e velhos convidados,buída,e mt mt diversão de certeza! aguarda-se discussão! abraço

 
At 11:26 da tarde, Blogger Garfield & Bart said...

Por mim tá certo, podemos dar seguimento à proposta.
Mais sugestões ou concordâncias???

 
At 10:09 da tarde, Blogger Paulo Para Todas as Obras said...

é pá, temos de fazer bem as contas para não nos esticarmos em gastos exagerados para depois dar em desperdício, (isto têm dois significados: não vamos abusar a comprar muitas coisas se depois não damos vazão, mas tb não vale a pena compensar a tentar dar vazão à bebida para depois estarem(mos) todos trucidados!) mas podemos abuzar na boa disposição e animação pela noite e dia e noite fora. Assim, uma coisa bem à maneira, entre a loucura e a puta da loucura! E ver se não há debandadas este ano...

 
At 5:00 da tarde, Blogger Garfield & Bart said...

Bem observado e como este ano já és um rapaz responsável, trabalhador e economista diplomado, ficas nomeado gestor executivo da coisa.
P.S: só até às 19h30, porque depois com a borracheira já não dizes coisa com coisa e ninguém percebe o que tu dizes quando enrrolas a lígua junto ao céu da boca. Aquele Abraço

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats