segunda-feira, março 15, 2010

Ó gentalha, tão ignaros que são!!

Durante anos que se ouve nesta cidade de Rio Maior que, nada se passa, mas não vislumbrando quem se mexesse dos seus cadeirões altaneiros e de velharias em que se sentam, salvo raras excepções, mas sempre por força da condição de retratantes em que vivemos sempre tem sido dificil vingar seja que projecto for. Nesta terrinha e, se dantes se dizia que era fechada a novas ideias, agora com tanta gente supostamente nova e de "educação superior" não haveria razão para a manutenção desse estigma que tem levado tanto jovem a abandonar a santa terrinha. De facto nesta terrinha muitas vezes triste e nublada acho que com muita dificuldade se perceberá para onde vai. Apesar disto há quem ainda acredite que é possivel mudar algo. Falando com as pessoas, todas se queixam da falta de Cultura existente, mas o que é para elas Cultura e essa Cultura será possivel em Rio Maior, porque se for ir a museus será dificil, pois se nem sobre a própria cidade existe um museu permanente(peço desde já desculpa pela minha ignorância, se houver), exposições, teatro, música já alguma coisa se tenta fazer, mas sempre com muitas reticências e pedras na mão. Isto leva-me à parte que me traz aqui para este singelo desabafo pois por iniciativa de um grupo de jovens, que por acaso até são de Rio Maior e tentam ter algum orgulho na Cidade onde nasceram e, que tentam através da música( sim também faz parte da Cultura de uma sociedade), muitas vezes descurando a vida familiar e empenhando os seus próprios activos, no final vejam o seu esforço ingloriamente vandalizado por gentalha tão ignóbil. Esta pequena dissertação vem no seguimento do facto de no passado dia 13, sábado, à noite, terem sido colocados cartazes na cidade de Rio Maior a anunciar um novo evento musical que irá decorrer no próximo dia 27 de Março e hoje 2ª feira parte desses cartazes já terem sido pura e simplesmente arrancados/rasgados. Mas isto é infelizmente aquilo que temos actualmente na sociedade em que vivemos e são os mesmos que vão desde rasgar cartazes até destruir apartamentos, é um caminho... Teremos que continuar a insistir e ter esperança que a educação superior de cada um prevaleça , esperando realmente que aos poucos vamos deixando este cizentismo mental em que parte da sociedade tem estado vetada.

1 Comments:

At 11:45 da manhã, Blogger Garfield e Bart said...

Pois é o que dá ter estudos superiores e não elevados, é que elevação e diferente de superioridade e infelizmente tarda em terem educação.

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats